Incoterms: O que são e sua importância no comércio internacional

Incoterms - O que são

Incoterms: O que são e sua importância no comércio internacional

A logística internacional é uma área bastante complexa e rica em detalhes. Por este motivo, no artigo de hoje vamos te explicar sobre Incoterms e qual a importância deles no comercio internacional.

Nosso objetivo é facilitar tudo isso. E se você quer entender melhor o que é e como os Incoterms podem interferir no seu negócio, acompanhe a leitura até o final. 

Você verá nesse artigo

  • O que são Incoterms
  • Tabela de Incoterms
  • Categorias dos Incoterms
  • Qual a importância no comércio internacional

Vamos lá!

O que são Incoterms

Caso você ainda não saiba, Inconterms é um termo que vem do inglês para “International Commercial Terms”, que em português significa “Termos Internacionais do Comércio”. 

Os Incoterms são normas que buscam regulamentar e padronizar relações de compra e venda no âmbito do comércio internacional. 

Nesse sentido, os Incoterms são cláusulas gerais que podem estar presentes em contratos internacionais.

Dessa forma, um contrato de compra e venda internacional por exemplo, são os Incoterms que definem as obrigações da relação entre comprador e vendedor, assim como os custos da operação.

Além disso, é importante saber que a atualização na tabela dos Incoterms, ocorre a cada 10 anos e a última que tivemos foi em 2020. 

Ou seja, essas atualizações são feitas com o objetivo de acompanhar as mudanças que ocorrem no comércio internacional ao longo dos anos. 

É importante ressaltar que, o uso dos Incoterms não é obrigatório, mas caso opte pelo uso, não pode ser retirado.

Algumas das principais cláusulas dos Incoterms tem como objetivo definir:

  • Quem será o responsável pelo pagamento dos serviços envolvidos com a importação ou exportação;
  • Qual será o local da entrega da mercadoria comprada;
  • Quais são os prazos de entrega;
  • Deveres e obrigações de cada uma das partes envolvidas na relação comercial.

Tabela de Incoterms

Os Incoterms que estão vigor possuem uma tabela de categorização de cada um. E é nessa tabela que contém, por exemplo, a definição das siglas e o tipo de transporte de cada Incoterm.

Como já falamos anteriormente, a tabela que está vigente é a divulgada em 2020 e os termos antigos não valem mais.

Além disso, para fins de informação e consulta, essa tabela é desenvolvida pela International Chamber of Commerce. 

Categorias de Incoterms

Como uma forma de organização, os termos foram divididos em categorias: E, F, C e D e abaixo listamos eles pra você.

Categoria E (Partida)

A categoria E pode ser usada em qualquer formato de transporte e tem como objetivo concentrar as responsabilidades no importador da relação comercial. 

Portanto, o importador é responsável por tudo que envolva a operação internacional. O Incoterm dessa categoria é o EXW.

Categoria F (Frete não pago)

Na categoria F, assim como na categoria E, a responsabilidade também é do importador. Portanto, especificamente em relação ao frete o importador deverá arcar com os custos do frete e também do seguro internacional.

Os Incoterms dessa categoria são o FCA, FAS e FOB.

Categoria C ( Frete pago)

Ao contrário da categoria anterior, na categoria C o frete é de responsabilidade do exportador, mas os riscos dessa operação são de responsabilidade do importador. 

Na categoria C os Incoterms são os CRF, CIF, CIP e CPT. 

Categoria D (Chegada)

Por outro lado, nessa categoria, todas as responsabilidades são dos exportadores e também são eles que arcam com todo o custo do transporte, até que estes cheguem no destino final. 

Estão na categoria D os Incoterms DAP, DAT e DDP. 

Comercio global incoterms importancia

O que são as siglas dos Incoterms

Então, provavelmente você deve estar se perguntando o que são essas siglas que indicamos acima e é claro que a gente vai te explicar! 

Antes de mais nada, é importante informar que essas siglas são referências para os termos que elas correspondem atualmente e de acordo com a última atualização da tabela de Incoterms.

Portanto, abaixo as que são mais utilizadas nos contratos internacionais:

EXW – Ex Works – Na Origem (local de entrega nomeado);

FCA – Free Carrier – Livre No Transportador (local de entrega nomeado);

FAS – Free Alongside Ship – Livre Ao Lado Do Navio (porto de embarque nomeado);

FOB – Free On Board – Livre A Bordo (porto de embarque nomeado);

CPT – Carriage Paid To – Transporte Pago Até (local de destino nomeado);

CIP – Carriage And Insurance Paid To – Transporte E Seguro Pagos Até (local de destino nomeado);

CFR – Cost And Freight – Custo E Frete (porto de destino nomeado);

CIF – Cost Insurance And Freight – Custo, Seguro E Frete (porto de destino nomeado);

DAP – Delivered At Place – Entregue No Local (local de destino nomeado);

DPU – Delivered At Place Unloaded – Entregue No Local Desembarcado (Local de destino nomeado);

DDP – Delivered Duty Paid – Entregue Com Direitos Pagos (local de destino nomeado)

Abaixo a lista dos termos que mais se destacam nas transações internacionais

FOB – Free On Board – Livre A Bordo (porto de embarque nomeado);

O Incoterm FOB o vendedor assume a responsabilidade dos custos e da entrega do produto até o navio indicado pelo comprador. 

Após a entrega, os demais custos e responsabilidades passam ao comprador automaticamente. 

EXW – Ex Works – Na Origem (local de entrega nomeado)

Entretanto ao FOB, o EXW traz mais responsabilidades ao comprador e é um dos Incoterms mais utilizados hoje em dia. 

Desse modo, o uso desse termo em contrato, o comprador é encarregado de organizar e realizar o pagamento de todos os gastos com transporte do produto desde o local da sua produção.

Agora, vamos supor que uma empresa compre grãos de uma fazenda brasileira. Ela terá então, que pagar os custos de transporte desde lá até o destino final.

Inclusive, caso haja extravio ou algum prejuízo na mercadora, a responsabilidade continua sendo do comprador, sem exceção. 

CFR – Cost And Freight – Custo E Frete (porto de destino nomeado)

Esse Incoterm é parecido com o primeiro que explicamos. A diferença dele é que aqui o vendedor é responsável pelo transporte e custos até o porto indicado pelo comprador, enquanto no Incoterm FOB a responsabilidade é até o próprio navio. 

FCA – Free Carrier – Livre No Transportador (local de entrega nomeado)

Por fim, no Incoterm FCA, o vendedor deve entregar a mercadoria ao transportador no local que for combinado entre as partes. 

Nesse caso, o vendedor tem apenas a responsabilidade segura da entrega, enquanto o comprador assume os custos com o transporte. 

Aqui é importante atentar ao local de entrega que for combinado, para que fique definido quando será considerada entregue de fato a mercadoria.

Inocterms comercio global logistica

Qual a importância dos Incoterms no Comércio Internacional

Como você viu, a principal função dos Incoterms é garantir a segurança e a padronização das normas utilizadas nas transações comerciais internacionais.

Como você pode perceber, os Incoterms são importantes para que as partes envolvidas, sejam eles importadores ou exportadores, tenham a devida segurança na sua relação de negócios.

Ainda, os Incoterms também trazem previsibilidade de custos, pois define quem arcará com esses gastos, bem como reduzem a existência de conflitos entre as partes, dada a clareza das definições em contratos. 

Como você viu ao longo do artigo, os Incoterms são bastante importantes, mas exigem um conhecimento especializado para usá-los da maneira mais benéfica. 

Portanto, o ideal é que você conte com uma empresa especializada na logística internacional, que poderá te auxiliar da forma mais correta. 

Somos uma empresa séria, comprometida com a logística do cliente e aqui você pode contar com uma equipe qualificada para te dar o suporte necessário.

Então, se você está precisando de um serviço de logística de alta qualidade, entre em contato conosco e faça sua cotação. 

Facebook
LinkedIn
Twitter
Email

ENTRE EM CONTATO

Matriz

Rua Marquês do Herval, 1236 – Sala 301 

Centro, São Leopoldo/RS, Brasil | CEP: 93010-200

E-mail

prompt@promptbrazil.com.br

Telefone

+55 (51) 99451 5267

+55 (51) 3033-1133