Entenda como funciona a logística humanitária com a Prompt.

Logística Humanitária, como esse conceito está sendo utilizado no RS

Pode até ser que você não seja gaúcho, mas com certeza nos últimos 15 dias ouviu falar da grande tragédia em que o estado se encontra, com cerca de 90% das suas cidades atingidas por enchentes. É nesse contexto que surge um conceito um tanto quanto diferente, o da logística humanitária.

Se você nunca tinha ouvido falar sobre isso, não se preocupe, não é tão comum, mesmo dentro do universo da logística.

Contudo, apesar de não ser tão conhecido, ele se tornou muito importante nesses últimos dias aqui no Rio Grande do Sul.

Caso você não saiba, nós somos uma empresa gaúcha, sediada em São Leopoldo, uma das cidades mais afetadas pelas enchentes, e é por isso que viemos falar sobre isso hoje.

Queremos ressaltar o papel fundamental da logística humanitária nessa situação e de como ela ajuda a salvar vidas em meio a tragédia.

Então, acompanhe esse texto até o final para saber tudo sobre essa logística diferente, mas essencial. 

O que é a logística humanitária 

De acordo com o que falamos antes, a logística humanitária é um conceito relativamente, ainda em desenvolvimento no Brasil.

Na prática, essa logística tem como objetivo a organização de uma logística específica para auxiliar pessoas que são vítimas de algum desastre natural.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, a tragédia natural aconteceu pelo grande volume de chuvas em poucos dias, que inundou e devastou cidades inteiras.

Atualmente, mais de meio milhão de pessoas estão fora de casa no estado e 90% das cidades tiveram prejuízos.

É no meio desse caos que surge o questionamento: como organizar ajuda para atender toda a demanda necessária?

Sabemos que a logística está presente no nosso dia-a-dia em tudo que consumimos, sejam produtos ou serviços.

Em dias normais, ela acontece sem nem ao menos percebermos, já que produtos são entregues, recolhidos e a cadeia de suprimentos se alimenta. 

Inclusive, já falamos sobre isso aqui em outro texto, que recomendamos a leitura. 

Porém, quando tragédias como essa acontecem a logística normal sofre muito, pois são estradas bloqueadas, aeroportos fechados, entre outros problemas que impossibilitam que ela aconteça.

Nesse sentido é que surge o conceito da logística humanitária, que é responsável por:

  • Organizar os processos;
  • Mobilizar pessoas;
  • Auxiliar na captação de recursos para ajudar as comunidades afetadas.

No texto de hoje vamos usar o exemplo do Rio Grande do Sul, mas isso pode acontecer em qualquer parte do mundo, e a tendência é que com as mudanças climáticas isso seja cada vez mais frequente. 

Como acontece a logística humanitária 

Entenda como funciona a logística humanitária com a Prompt.

De acordo com o que falamos, em situações de tragédia a ajuda é extremamente necessária em diferentes partes, como:

  • Auxiliar em resgates;
  • Organizar abrigos;
  • Arrecadar doações, seja em dinheiro ou em suprimentos;
  • Fazer a alimentação das pessoas desabrigadas;
  • Organizar voluntários para auxiliar;
  • Entre tantas outras situações que aparecem.

Contudo, imagine conseguir fazer tudo isso com pouca comunicação, sem sistemas de organização e com recursos limitados.

Aqui no Rio Grande do Sul vimos uma mobilização gigante acontecer nesse sentido, mesmo que não muitos dos que ajudam sequer saibam que fazem parte dessa logística humanitária. 

Além disso, a ajuda chega também de outras partes do país e do mundo.

O desafio maior nessa situação é realmente conseguir fazer com que tudo que foi arrecadado chegue em quem realmente precisa.

Imagine inúmeras informações chegando ao mesmo tempo, seja de pedidos como de pessoas querendo ajudar, a logística disso tudo é praticamente impensável, mas de uma forma ou de outra precisa acontecer.

Dessa forma, foram criados alguns canais de comunicação, sites, páginas em redes sociais, para tentar organizar isso.

A maioria delas criadas de forma particular. 

É através dessa logística humanitária que a ajuda está acontecendo no Rio Grande do Sul.

ONGs, voluntários, grupos de comunidades, enfim, todos se uniram com esse propósito e como podem se organizam para fazer com que tudo isso aconteça da forma mais rápida.

Porque, sim, esse é outro desafio, a urgência que essas situações exigem.

Portanto, sem a logística humanitária, com certeza a situação do Rio Grande do Sul estaria ainda pior.

Futuro da logística humanitária

Com o aumento dos eventos climáticos, certamente esse tipo de logística precisará ser aprimorado, pelos próprios órgãos governamentais.

Será preciso que as instituições criem sistemas de logística para essas situações, para diminuir os impactos da tragédia e conseguir ajudar quem precisa o mais rápido possível.

Então, esse conceito que hoje pode não ser tão difundido, se tornará uma das principais formas de lidar com as catástrofes naturais. 

Ao redor do mundo esse conceito também está em desenvolvimento, mas já existem até cursos específicos voltados para a gestão dessa logística. 

É preciso aproveitar todos os conceitos e sistemas já usados para a logística comercial, para ajudar quem precisa em situações de catástrofe.

Por fim, deixamos aqui o nosso agradecimento e admiração por todos que estão fazendo isso acontecer. 

Prompt Brazil Logistics

Facebook
LinkedIn
Twitter
Email

ENTRE EM CONTATO

Matriz

Rua Marquês do Herval, 1236 – Sala 301 

Centro, São Leopoldo/RS, Brasil | CEP: 93010-200

E-mail

prompt@promptbrazil.com.br

Telefone

+55 (51) 99451 5267

+55 (51) 3033-1133

plugins premium WordPress